domingo, 31 de maio de 2015

"O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval

Observei a composição "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", do artista plástico Fernando Duval, no Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo, em Pelotas.

Visão Geral das Tubulações de Manêmis - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Visão Geral das Tubulações de Manêmis

O Execrável Rilimanto - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
O Execrável Rilimanto

Badukel Medadárius, o Governador de Manêmis - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Badukel Medadárius, o Governador de Manêmis

Dolabelino Vutts, Filho da Viúva Chaconids - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Dolabelino Vutts, Filho da Viúva Chaconids

A Destruição das Tubulações - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
A Destruição das Tubulações

Titina Imperialis, a Poetisa Muda - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Titina Imperialis, a Poetisa Muda

Quermesse no Cemitério da Saúde - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Quermesse no Cemitério da Saúde

A Vidente Miguelina - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
A Vidente Miguelina

Perseguição a Dolabelino e Titina - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Perseguição a Dolabelino e Titina

Rubialina, a Primeira Dama - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
Rubialina, a Primeira Dama

O Antigo Diretor de Abastecimento - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
O Antigo Diretor de Abastecimento

As Hordas de Rilimantos - "O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis", por Fernando Duval
As Hordas de Rilimantos

Veja também...

Exéquias Capológicas
Exposição de Fernando Duval no MALG
Merda Canina em Bucetária

sábado, 30 de maio de 2015

"Exéquias Capológicas", por Fernando Duval

Obra de Fernando Duval - Babbuhyna: Desalento da Viuvez
Babbuhyna: Desalento da Viuvez.

"Exéquias Capológicas", por Fernando Duval
"Exéquias Capológicas", por Fernando Duval

Obra de Fernando Duval - Ada Andes: Desamparo, Comoção.
Ada Andes: Desamparo, Comoção.

Obra de Fernando Duval - Gabbinoso: Falsa Máscara Mortuária.
Gabbinoso: Falsa Máscara Mortuária.

Obra de Fernando Duval - Juliana Runfreda: Pesar,  Compaixão e Devoção.
Juliana Runfreda: Pesar,
Compaixão e Devoção.

Obra de Fernando Duval - Marifalda Bussoleta: Perplexidade,  Indignação e Estupor.
Marifalda Bussoleta: Perplexidade,
Indignação e Estupor.

Veja também...
Exposição de Fernando Duval no MALG
Merda Canina em Bucetária
O Rilimanto nas Tubulações de Manêmis

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Exposição de Fernando Duval no MALG, Pelotas

No Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo, estava ocorrendo uma exposição de Fernando Duval. Nascido em Pelotas e radicado no Rio de Janeiro, o artista caracteriza-se por obras sarcásticas e de humor inteligente e provocativo.

"Trombosina em Alta", obra de Fernando Duval
"Trombosina em Alta"

"Sala Régia", obra de Fernando Duval
"Sala Régia"

Alguns pensamentos de Fernando Duval:
“O que corre antes vem sempre depois.”
“O simples se complica e o complicado se perde.”
“A diferença está na igualdade.”
“Aquele que espera – espera em vão.”
“As dúvidas noturnas são mais sinistras.”
“Somente o óbvio é evidente.”
“Todo uso degenera em abuso.”
“A incompetência não gosta de competir.”
“Quando a fama cresce, a oposição emudece.”

"Grande Concerto de Gamboceta", obra de Fernando Duval
"Grande Concerto de Gamboceta"

"Wastha Visita Pelotas", obra de Fernando Duval
"Wastha Visita Pelotas"

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Prédios da Praça Pedro Osório, Pelotas

A Praça Coronel Pedro Osório reúne ao seu redor algumas das principais atrações do Centro Histórico de Pelotas. Destacam-se, em torno da praça, o Mercado Público, a Prefeitura Municipal e a Biblioteca Pública.

Escadaria para o segundo pavimento da Biblioteca Pública Pelotense, em Pelotas
Escadaria para o segundo pavimento da
Biblioteca Pública Pelotense, em Pelotas.
  
Continuação de...
Prédios Históricos de Pelotas


Prédios ao Redor da Praça
Comecei fotografando as Casas Geminadas. Ao lado, atravessando-se a rua, fica a Casa do Senador Assumpção. A casa fica ao lado do Teatro Guarany. Em frente a ela, fica a Residência do Charqueador Viana.

Casas Geminadas, centro de Pelotas
Casas Geminadas, centro de Pelotas.

Antiga Casa do Senador Assumpção, em Pelotas
Antiga Casa do Senador Assumpção.

Na antiga Residência do Charqueador Viana, funciona hoje a Secretaria da Cultura. Ao lado dela, fica a Residência do Barão de São Luís. E ao lado desta, a Residência do Conselheiro Maciel.

Residência do Barão de São Luís, em Pelotas
Residência do Barão de São Luís

Residência do Conselheiro Maciel, em Pelotas
Residência do Conselheiro Maciel.

Retornei para a Rua Lobo da Costa e passei em frente ao Grande Hotel e à Antiga Sede do Banco do Brasil. Na diagonal deste prédio, fica a Prefeitura Municipal. E ao lado desta, a Biblioteca Pública Pelotense.

Grande Hotel, em Pelotas
Grande Hotel, em Pelotas.


Biblioteca Pública Pelotense
A Biblioteca Pública é, indiscutivelmente, o prédio histórico com o mais belo interior dentre os que se encontram em torno da praça. Talvez, seja o mais belo da cidade. Conheci poucos para ser categórico quanto a isto.

Busto de José Bonifácio de Almeida, na Biblioteca Pública Pelotense, em Pelotas
Busto de José Bonifácio de Almeida,
na Biblioteca Pública Pelotense

Há belas pinturas, nas laterais, na entrada. Uma elegante escada conduz o visitante ao segundo piso. E, sobre ela, uma claraboia. As janelas e sacadas do segundo piso são voltadas para a Praça Coronel Pedro Osório.

Pintura em parede na entrada da Biblioteca Pública Pelotense
Pintura em parede na entrada
da Biblioteca Pública Pelotense.

Praça Coronel Pedro Osório vista do segundo andar da Biblioteca Pública Pelotense
Praça Coronel Pedro Osório vista do segundo
andar da Biblioteca Pública Pelotense.

No segundo piso, estão dispostos os bustos de personalidades como José Bonifácio, Benjamin Constant e Borges de Medeiros. Há ainda um busto em bronze do escritor Simões Lopes Neto, natural de Pelotas.

Antônio Augusto Borges de Medeiros, na Biblioteca Pública Pelotense
Antônio Augusto Borges de Medeiros, 
na Biblioteca Pública Pelotense

Pintura na área de leitura da Biblioteca Pelotense
Pintura na área de leitura
da Biblioteca Pelotense.

Prefeitura Municipal e Mercado Público
Deixei a Biblioteca Pública e entrei rapidamente na Prefeitura Municipal. E do andar superior, fiz algumas fotos. Da sacada frontal, fotografei a Sede do Banco do Brasil. Do Gabinete do Prefeito, o Mercado Público.

Escadaria da Prefeitura de Pelotas
Escadaria da Prefeitura de Pelotas.

Antiga sede do Banco do Brasil, em Pelotas
Antiga sede do Banco do Brasil.

Almocei no Mercado Público. Depois, fotografei as construções que não havia visto ao redor da Praça Pedro Osório. A Casa de Pompas Fúnebres, o Quartel da Revolução Farroupilha, o Clube Caixeiral e o Teatro Sete de Abril.

Quartel da Revolução Farroupilha, em Pelotas
Quartel da Revolução Farroupilha


O relato segue com...
Exposição de Fernando Duval no MALG

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Teatro Sete de Abril, em Pelotas: Primeira Casa de Espetáculos do Rio Grande do Sul

O prédio construído, em 1833, em estilo neoclássico. E inaugurado em 1834. O Teatro Sete de Abril foi a primeira casa de espetáculos do Estado e a quarto no Brasil. Tombado pelo IPHAN, o teatro é atualmente propriedade da Prefeitura Municipal de Pelotas.

Teatro Sete de Abril, em Pelotas
Teatro Sete de Abril, em Pelotas

O Teatro Sete de Abril encontra-se, no momento, em restauração. Assim, a previsão é que a antiga casa volte a receber espetáculos locais e nacionais, em breve. Dessa forma, o Sete de Abril voltaria a ser o mais antigo teatro em funcionamento no país.

Localização: Praça Coronel Pedro Osório, 160, centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

Clube Caixeiral, Pelotas

O prédio foi construído em 1879, em estilo neoclássico. E o seu objetivo era atender os problemas sociais dos chamados caixeiros. Atualmente, o local é uma entidade recreativa, beneficente e instrutiva. E abriga uma biblioteca com mais de 10 mil volumes.

Clube Caixeiral, em Pelotas
Clube Caixeiral, em Pelotas

Localização: Praça Coronel Pedro Osório, centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

terça-feira, 26 de maio de 2015

Casa de Pompas Fúnebres de Pelotas

Fundada em 1882, a Casa de Pompas Fúnebres de Pelotas, provavelmente, é a mais antiga casa funcionária ainda em funcionamento no Brasil. O local permanece o mesmo, em frente à Praça Coronel Pedro Osório, no centro da cidade. Mas a construção foi reformada em 1922. 

Casa de Pompas Fúnebres, Pelotas
Casa de Pompas Fúnebres, Pelotas

Mercado Público de Pelotas

O Mercado Público de Pelotas foi inaugurado em 1848. Trata-se de uma construção em estilo neoclássico, que, em 1911, ganhou uma torre com um relógio alemão. Ela imita a Torre Eiffel de Paris e fica num pátio no centro do prédio. Hoje, o mercado pertence à Prefeitura Municipal de Pelotas.

Mercado Público de Pelotas
Mercado Público de Pelotas

Localização: centro de Pelotas, próximo à Praça Coronel Pedro Osório.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Biblioteca Pública Pelotense, Pelotas

A Biblioteca Pública Pelotense foi criada em 1875. Porém, o prédio que hoje ocupa só foi construído entre 1881 e 1915. E é provavelmente o mais belo prédio da cidade de Pelotas. 

Biblioteca Pública Pelotense, Pelotas
Biblioteca Pública Pelotense, Pelotas

O atual prédio da Biblioteca Pública Pelotense foi erguido em estilo eclético, preponderando o estilo art noveau. Ao longo dos anos, a construção passou por processos de restauração.

Pintura em parede na entrada da Biblioteca Pública Pelotense, Pelotas
Pintura em parede na entrada.
  
A Biblioteca Pública Pelotense reúne em suas prateleiras o segundo maior acervo de livros técnicos, didáticos e de ficção do Estado do Rio Grande do Sul. Ao todo, são mais de 200.000 livros. 

Área de estudos da Biblioteca Pública Pelotense.
Área de estudos da Biblioteca
Pública Pelotense.

Ela armazena, também, todos os jornais editados em Pelotas e na região. Há até um museu que reúne peças de mineralogia, numismática, filatelia, pinacoteca, esculturas, maquetes, armas e documentos.

Quadro da área de estudos da Biblioteca Pública Pelotense.
Quadro da área de estudos.

Localização: Praça Coronel Pedro Osório, 103, centro de Pelotas.
Funcionamento: 2ª a 6ª feira das 08h às 18h.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

domingo, 24 de maio de 2015

Prefeitura Municipal de Pelotas

Belo prédio, em estilo art noveau, com detalhes neoclássicos. A construção iniciou em 1879 e foi concluída em 1881. De acordo com o plano inicial, abrigaria a Câmara Municipal de Pelotas. No hall, a Sala Frederico Trebbi é um espaço para exposições de arte e cerimônias diversas.

Prefeitura Municipal de Pelotas
Prefeitura Municipal de Pelotas

Localização: Praça Coronel Pedro Osório, centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

Antiga Sede do Banco do Brasil, Pelotas

A antiga sede do Banco do Brasil, hoje abriga a Secretaria de Finanças de Pelotas. Este prédio fica em frente à Praça Coronel Pedro Osório.

Antiga Sede do Banco do Brasil, Pelotas
Antiga Sede do Banco do Brasil, Pelotas

Localização: Rua XV de Novembro, centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

sábado, 23 de maio de 2015

Prédio do Antigo Grande Hotel, em Pelotas

A construção do antigo Grande Hotel foi iniciada em 1924, em estilo art-noveau. O hotel foi inaugurado em 1928. O prédio possui quatro pavimentos, com cúpula e clarabóia importadas da França. E foi tombado pelo IPHAN.
Prédio do antigo Grande Hotel, em Pelotas
Prédio do antigo Grande Hotel, em Pelotas

O Grande Hotel abrigava um cassino e era um dos mais luxuosos da época.

Localização: Praça Coronel Pedro Osório, 51, centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

Residência do Barão de São Luís, Pelotas

A antiga Residência do Barão de São Luís foi construída em 1879, em estilo neoclássico, com material francês. O prédio foi tombado pelo IPHAN.

Residência do Barão de São Luís, Pelotas
Residência do Barão de São Luís, Pelotas

Localização: Praça Coronel Pedro Osório, no centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Residência do Charqueador Viana, Pelotas

A antiga Residência do Charqueador Viana é um dos prédios mais antigos do centro de Pelotas. No topo dele, há um mirante voltado para a Praça Coronel Pedro Osório, a mais importante da cidade. 

Residência do Charqueador Viana, Pelotas
Residência do Charqueador Viana, Pelotas

A construção foi concluída antes 1830. E sofreu modificações significativas, por volta de 1880. Pouco restou de seus traços coloniais originais.

Hoje, o prédio abriga a Secretaria de Cultura de Pelotas. É possível fazer visita guiada. Eventualmente, ocorrem exposições no térreo.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

Praça Coronel Pedro Osório, Pelotas

Esta área arborizada de 13 mil m² é a principal praça de Pelotas. Abriga diversos monumentos e oito corredores que conduzem ao Chafariz Central, construído em 1875. Ao seu redor, concentram-se algumas das mais belas construções históricas do Estado. Algumas, em processo de restauração.

Praça Coronel Pedro Osório, Pelotas
Praça Coronel Pedro Osório, Pelotas

Localização: entre as Ruas Quinze de Novembro, Félix da Cunha, Marechal Floriano e Lobo da Costa, no centro de Pelotas.

Veja também...
Prédios da Praça Pedro Osório

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design