sábado, 28 de fevereiro de 2015

As Principais Construções do Centro Histórico de Florianópolis

Conheci o Centro Histórico de Florianópolis numa caminhada de duas horas. Dentre os principais pontos de interesse, destacam-se o Mercado Público, o Palácio Rosado, a Catedral Metropolitana e a Casa Victor Meirelles.

Torres da Catedral Metropolitana de Florianópolis vistas da região da Praça Pereira Oliveira
Torres da Catedral Metropolitana vistas
da região da Praça Pereira Oliveira.


Roteiro pelo Centro Histórico
Peguei o mapa com 25 pontos de interesse no Centro de Atendimento ao Turista de Florianópolis. O mapa indica uma sequência de prédios. Eu preferi seguir por outro caminho, sem deixar nenhum dos pontos de fora.

Praça XV de Novembro, em Florianópolis: Monumento aos Mortos na Guerra do Paraguai (ao fundo).
Praça XV de Novembro: Monumento aos
Mortos na Guerra do Paraguai (ao fundo).


Região do Mercado Público
Iniciei a caminhada pelo Prédio da Casa da Alfândega, ao lado do Mercado Público. Ali, você passará pelo Relógio da empresa Western Telegraph. Ao deixar o Mercado, você encontrará o Cais Frederico Rolla.

Mercado Público Municipal de Florianópolis
Mercado Público Municipal de Florianópolis.

Segui para a Rua Conselheiro Mafra, paralela ao cais. Ali, destacam-se o casario e o prédio da antiga Casa Hopcke. Esta casa fica na esquina da Rua Deodoro, onde está a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco.

Antiga Casa Hopcke, Florianópolis
Antiga Casa Hopcke

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, Florianópolis
Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

Retornei à Casa da Alfândega e cruzei Largo da Alfândega, à sua frente, a caminho da Estátua de Fernando Machado. Próximo à estátua, fica o Museu do SaneamentoDali, segui em direção à Praça XV.

Estátua de Fernando Machado, Florianópolis
Estátua de Fernando Machado. 


Região da Praça XV de Novembro
Na Praça XV de Novembro, fica a Figueira Centenária e o Monumento aos Mortos na Guerra do Paraguai. Em frente, fica a Catedral Metropolitana. À esquerda, o Palácio Rosado, hoje Museu Cruz e Souza.

Palácio Rosado, em Florianópolis: abriga o Museu Cruz e Souza
Palácio Rosado: abriga o Museu Cruz e Souza.

No lado direito da Praça XV, ficam a antiga Casa de Câmara e Cadeia e os Sobrados Oitocentistas. Seguindo ao lado da Catedral Metropolitana por duas quadras, você chegará à Rua Marechal Guilherme A. Figueiredo.

Teatro Álvaro de Carvalho, em Florianópolis
Teatro Álvaro de Carvalho.

Na esquina desta rua com a Rua dos Ilhéus, você verá o Teatro Álvaro de Carvalho. À esquerda deste, fica a Praça Pereira Oliveira. Ainda mais à esquerda, você verá a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Florianópolis
Igreja de Nossa Senhora do Rosário.


Casa de Victor Meirelles
Retornei em direção ao teatro, cruzei a Rua dos Ilhéus e segui até a rua seguinte, a Saldanha Marinho. Descendo três quadras, você chegará à Rua Tenente Silveira. Na esquina, fica o Museu da Escola Catarinense.

Museu da Escola Catarinense, em Florianópolis
Museu da Escola Catarinense.

Seguindo por mais uma quadra, você chegará à Rua Victor Meirelles. Ali fica a Casa Victor Meirelles, um museu que reúne obras do mais famoso pintor catarinense. Em destaque, os quadros históricos de Desterro.

Casa Victor Meirelles, em Florianópolis - Pintura em óleo sobre tela "A Morta"
Casa Victor Meirelles - "A Morta"

Segui pela Rua Victor Meirelles em direção à Praça XV de Novembro. E passei pelos jardins do Palácio Rosado, antes fechados. Dali, desci para a Rua Felipe Schmidt. Ali fica o Café Ponto Chic, o Senadinho.

Casa Victor Meirelles, em Florianópolis - Pintura em óleo sobre tela "Degolação de São João Batista" (1855)
Casa Victor Meirelles - "Degolação
de São João Batista
" (1855).

O relato segue com...
Lívia e Seu Nogueira no Centro de Florianópolis

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Café Ponto Chic, Florianópolis

Inaugurado em 1948, o Café Ponto Chic era conhecido como ponto de encontro de políticos, intelectuais e fofoqueiros. E hoje, faz parte da história local. Em 1979, foi instituída a Confraria do Senadinho, com personagens folclóricos e ilustres locais.

Café Ponto Chic, o Senadinho, em Florianópolis.
Café Ponto Chic, o Senadinho, em Florianópolis.

Também em 1979, o Café Ponto Chic foi palco da Novembrada. O episódio político contra o Regime Militar ocorreu no dia 30 de novembro. E envolveu o ex-presidente João Baptista Figueiredo em escaramuças com estudantes e populares que participavam da manifestação.

Rua Felipe Schmidt, Florianópolis

Recebeu várias denominações: Rua da República, Rua do Senado, Rua Bela, Rua da Fonte de Ramos e Rua dos Moinhos de Vento. O nome atual da rua homenageia Felipe Schmidt o governador que resolveu a questão dos limites com o Estado do Paraná, em 1940.

Rua Felipe Schmidt, em Florianópolis.
Rua Felipe Schmidt, em Florianópolis.

No início do século XX, transformou-se na principal via de comércio no centro da cidade de Florianópolis. Na Rua Felipe Schmidt, encontram-se também, ao lado de construções de traços barroco e do neoclássico, prédios das décadas de 1930 e 1940. 

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

Jardins do Palácio Rosado, Florianópolis

Localizados nos fundos do Palácio Rosado, seus jardins abrigam o Mausoléu Cruz e Souza, dedicado ao poeta João da Cruz e Souza.

Jardins do Palácio Rosado, Florianópolis
Jardins do Palácio Rosado, Florianópolis

Os jardins também possuem uma exposição de peças de porcelana. Eram utilizadas quando o palácio servia como residência dos governadores.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Sobrados Oitocentistas, Florianópolis

São edificações de 1834 que mantêm a estética típica da arquitetura luso-brasileira. Há uma combinação no alinhamento de portas e janelas. Veem-se as bandeiras envidraçadas. E os guarda-copos das sacadas decoradas nas frontarias. E o alto-relevo de inspiração eclética.

Sobrados Oitocentistas, Florianópolis
Sobrados Oitocentistas, Florianópolis.

À direita, há um prédio com frontal em alto-relevo. Nele, a partir de 1838, passou a funcionar a Tesouraria Provincial. E ao seu lado, encontra-se uma das mais antigas casas remanescentes da época colonial. A casa é decorada com azulejos portugueses.

Localização: Rua dos Ilhéus, em frente à Praça XV de Novembro, no centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

Igreja de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito, Florianópolis

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito é a segunda mais antiga da Ilha de Santa Catarina. Começou a ser construída em 1787, sendo concluída em 1830. A Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos era muito pobre, composta principalmente por escravos e libertos.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito, em Florianópolis.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário e
de São Benedito, em Florianópolis.

Mesmo singela, a igreja destaca-se no Centro Histórico. Principalmente, pela escadaria, que desemboca na Rua Trajano. Do alto desta escadaria, o pintor Victor Meirelles pintou, em 1851, a “Vista Parcial da Cidade de Desterro”. Trata-se de um amplo panorama da cidade, tendo ao fundo a Baía Sul.

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito caracteriza-se por linhas arquitetônicas barrocas. O interior da igreja abriga alfaias e imagens. Dentre essas imagens, destaca-se a de Nossa Senhora do Rosário.

Igreja do Rosário e São Benedito, Florianópolis. Pintura de Victor Meirelles, feita em 1851.
Pintura de Victor Meirelles, feita em 1851.

Endereço: Rua Marechal Guilherme, 60, Centro Histórico de Florianópolis.

Veja também...
Construções do Centro de Florianópolis

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Praça Pereira Oliveira, Florianópolis

Homenageia o Coronel Antônio Pereira Oliveira. Entre 1891 e 1926, ele foi prefeito, deputado estadual por quatro legislaturas, governador e senador. Foi durante o seu governo que ocorreu a construção da Ponte Hercílio Luz.

Praça Pereira Oliveira, Florianópolis
Praça Pereira Oliveira, Florianópolis

Localização: Rua Marechal Guilherme, junto ao Teatro Álvaro de Carvalho, centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

Praça XV de Novembro, Florianópolis

A Praça XV de Novembro fica no Centro de Florianópolis. Ao seu redor, ficam alguns dos principais prédios históricos da cidade. Dentre eles, destacam-se a Catedral Metropolitana, o Palácio Rosado, a Casa de Câmara e Cadeia e os Sobrados Oitocentistas.

Jardim da Praça XV de Novembro e Monumento aos Mortos na Guerra do Paraguai (ao fundo)
Jardim da Praça XV de Novembro e Monumento
aos Mortos na Guerra do Paraguai (ao fundo).

A Praça XV de Novembro abriga a Figueira Centenária, o Monumento aos Mortos na Guerra do Paraguai e o Jardim Oliveira Bello. O jardim foi uma homenagem ao ex-presidente da Província de Santa Catarina, o advogado Luiz Alves Leite de Oliveira Bello.

O jardim da Praça XV de Novembro foi implantado entre 1885 e 1887. Em 1891, ele foi inaugurado, por Gustavo Richard, presidente da Província, na ocasião. O local reúne espécies de grande porte, como palmeiras imperiais, fícus indianos e cravos da Índia.

O piso da Praça XV de Novembro recebeu mosaicos. E eles formam figuras folclóricas da Ilha de Santa Catarina. Tais mosaicos foram produzidos pelo artista plástico Hassis. Hiedy de Assis Corrêa nasceu em Curitiba, em 1926 e faleceu em Florianópolis, em 2001. 

Veja também...
Construções do Centro de Florianópolis

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Monumento aos Mortos da Guerra do Paraguai, Florianópolis

O monumento homenageia os combatentes catarinenses mortos na Guerra do Paraguai. A guerra foi maior conflito armado internacional da América do Sul. A cobertura deste monumento é formada por balas de canhão.

Monumento a Jerônimo Coelho, em Florianópolis, e Monumento aos Mortos na Guerra do Paraguai (ao fundo)
Monumento a Jerônimo Coelho e Monumento 
aos Mortos na Guerra do Paraguai (ao fundo)

Ao redor do monumento, estão os bustos de quatro catarinenses famosos: Cruz e Souza, poeta; Victor Meirelles, pintor; José Boiteux, historiador e de Jerônimo Coelho, o fundador da imprensa em Santa Catarina.

Localização: Praça XV de Novembro, centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

Casa de Câmara e Cadeia, Florianópolis

O prédio foi construído entre 1771 e 1780, com paredes argamassadas com óleo de baleia, areia e cal. Foi de grande valor no contexto político e social da cidade. Hoje, esta é considerada uma das mais importantes edificações da arquitetura civil do século XVIII. Serviu como cadeia para infratores da lei, escravos, loucos e rebeldes.

Casa de Câmara e Cadeia, Florianópolis
Casa de Câmara e Cadeia, Florianópolis

O antigo prédio serviu como ainda Prefeitura Municipal e Câmara Municipal. Ali, foram empossados os Presidentes da Província e realizados grandes bailes e festas oficiais. Outro fato importante é que no dia 25 de março de 1888, no seu plenário, foram entregues as últimas cartas de liberdade de escravos da capital do Estado de Santa Catarina.

Localização: Rua dos Ilhéus, centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Museu do Saneamento, Florianópolis

A Estação de Elevação Mecânica de Esgotos é o maior marco histórico-arquitetônico da primeira rede implantada (1909-1916), em Florianópolis.

Museu do Saneamento, Florianópolis
Museu do Saneamento, Florianópolis

As máquinas inglesas eram impulsionadas à energia elétrica. Esta energia vinha do continente, por meio de cabos submarinos.

Localização: Terminal Urbano Cidade de Florianópolis, na Praça Fernando Machado, no Centro Histórico de Florianópolis.

Veja também...
Construções do Centro de Florianópolis

Estátua de Fernando Machado, Florianópolis

O coronel Fernando Machado de Souza foi comandante da tropa Barriga-Verde. Fernando Machado, herói da Guerra do Paraguai morreu em 1868, durante a Batalha do Itororó.

Estátua do Coronel Fernando Machado, Florianópolis
Estátua do Coronel Fernando
Machado, Florianópolis

Localização: Praça Fernando Machado, Avenida Paulo Fontes, próximo ao Prédio da Antiga Alfândega, no centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Largo da Alfândega, Florianópolis

Na área, atualmente conhecida como Largo da Alfândega, encontram-se os prédios da Antiga Alfândega e da Provedoria da Fazenda Real. Junto a eles, fica também, o Antigo Mercado Público Municipal.

Largo da Alfândega, em Florianópolis
Largo da Alfândega, em Florianópolis

Uma antiga construção, em estilo neoclássico, abriga a Casa da Alfândega e a Associação Catarinense de Artistas Plásticos. O prédio é constituído de três corpos – o central, com sobrado, e dois armazéns laterais.

Mercado Público de Florianópolis
Mercado Público de Florianópolis

O Prédio da Antiga Alfândega incendiou, após uma explosão, em 1866, danificando também os prédios vizinhos. E em seu lugar, ergueu-se um sobrado comercial e um hotel. Ambos foram demolidos, posteriormente.

Localização: Rua Conselheiro Mafra, 141, centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de FlorianópolisConstruções do Centro de Florianópolis

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, em Florianópolis

Templo que teve a pedra fundamental lançada em 1802. E foi inaugurado em 1815. A construção conserva a arquitetura original, numa composição de estilos barroco e neoclássico. No interior, há telas de Victor Meirelles.

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Centro Histórico de Florianópolis
Igreja da Ordem Terceira de São Francisco,
no Centro Histórico de Florianópolis.
 

A igreja pertence à Ordem Terceira de São Francisco da Penitência. Esta é a mais antiga confraria religiosa na Ilha de Santa Catarina. Ela está presente desde 1745 na Ilha.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Antiga Casa Hoepcke, Florianópolis

O prédio da empresa Hoepcke é um belo exemplar da arquitetura francesa, situado no Centro Histórico de Florianópolis. E caracteriza-se pelos altos telhados e as pequenas mansardas.

Antiga Casa Hoepcke, Florianópolis
Antiga Casa Hoepcke, Florianópolis

No antigo prédio, funcionava a loja de tecidos. Na década de 1920, a Casa Hoepcke era o único estabelecimento comercial da cidade de Florianópolis que vendia os renomados lotes de linho belga

Casario Rua Conselheiro Mafra, Florianópolis

Alguns sobrados da Rua Conselheiro Mafra, ponto central de comércio na cidade de Florianópolis, datam de 1800. E ostentam gradis de ferro forjado, além de sacadas trabalhadas. Destaque para os adornos de louça e para os revestimentos em azulejo.

Casario Rua Conselheiro Mafra, Florianópolis
Casario Rua Conselheiro Mafra, Florianópolis

Localização: Rua Conselheiro Mafra, Centro Histórico de Florianópolis.

Veja também...
Construções do Centro de Florianópolis

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Cais Frederico Rolla, Florianópolis

O Cais Frederico Rolla foi construído em 1868. Ele recebia os barcos que traziam as mercadorias para vender em Desterro.

Antigo Hotel Metropol, na área do Cais Frederico Rolla, em Florianópolis
Antigo Hotel Metropol, na área do Cais 
Frederico Rolla, em Florianópolis.

Na época, o mar chegava onde está hoje o prédio do camelódromo. E com o aterro da Baía Sul, em 1975, o cais desapareceu.

Localização: Rua Conselheiro Mafra, centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

Relógio da Western Telegraph, Florianópolis

Este relógio pertencia à empresa britânica Western Telegraph, responsável pela transmissão de telegramas através de cabos submarinos.

Relógio da Western Telegraph, Florianópolis
Relógio da Western Telegraph, Florianópolis 

Originalmente, havia sido instalado na Rua João Pinto, em 1911. Em 1975, quando a empresa deixou a cidade, foi levado ao Mercado Público.

Localização: Rua Jerônimo Coelho, 60, centro de Florianópolis.

Veja também...
Centro Histórico de Florianópolis
Construções do Centro de Florianópolis

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O Ecomuseu de Ribeirão da Ilha Conta a História de Florianópolis

O Ecomuseu é, provavelmente, o melhor museu de Florianópolis. Localizado no Ribeirão da Ilha, conta a história da Ilha de Santa Catarina. A visitação é guiada. E o museu tem uma proposta, realmente, educativa.

Desenho da Igreja de Nossa Senhora da Lapa de Ribeirão da Ilha, uma herança colonial
Desenho da Igreja de Nossa Senhora da Lapa
de Ribeirão da Ilha, uma herança colonial.

Continuação de...
Trilha de Naufragados e Fortaleza Nossa Senhora da Conceição


Primeira Passada pelo Ecomuseu
Passei pelo Ecomuseu por volta das 15h. E falei com a Cristiane, que faz as visitas. Perguntei a ela até que horas o museu ficava aberto. Ela disse que até as 17h. Mas disse que costuma ir embora só por volta das 18h.

Casarão onde fica hoje o Ecomuseu de Ribeirão da Ilha
Casarão onde fica hoje o Ecomuseu.

Eu comentei que iria fazer a Trilha de Naufragados e pretendia visitar o museu na volta. Por isso, acabei tendo que a fizer a trilha em ritmo forte. Cheguei novamente ao Ecomuseu às 17h, para fazer a visitação.




Aula sobre a Ilha de Santa Catarina
A visita ao Ecomuseu começa com uma aula sobre a Ilha de Santa Catarina. A ilha é a parte insular de Florianópolis e foi a segunda região descoberta no estado. São Francisco do Sul foi a primeira.

A Bandeira da Ilha de Açores
A Bandeira da Ilha de Açores.

Por volta de 1440, os portugueses colonizaram as nove ilhas dos Açores. Em 1740, diante da superpopulação, os açorianos foram trazidos ao Brasil. Os jovens casais de açorianos tinham a missão de colonizar o Brasil.


A Origem de Desterro
Em 17/02/1673, Dias Velho fundou a Vila de Nossa Senhora do Desterro. Em 1823, Desterro foi elevado à cidade. Em 1894, a cidade passou a se chamar Florianópolis, como uma homenagem ao presidente Floriano Peixoto.

Antiga Caixa de Música no Ecomuseu de Ribeirão da Ilha
Antiga Caixa de Música no Ecomuseu.

Na verdade, não foi bem uma homenagem. Durante a Revolução Federalista (1893 – 1895), a Fortaleza de Santa Cruz foi usada como prisão. Para mostrar seu poder, Floriano Peixoto impôs seu nome à cidade.




Casa do Ecomuseu
A casa que abriga o Ecomuseu foi construída em 1921, sobre a fundação de uma construção do século XVIII. A construção conserva a estrutura do casario açoriano. Apesar de a sua disposição ser invertida, neste caso.

Antiga sede do Ecomuseu Etnográfico de Ribeirão da Ilha
Antiga sede do Ecomuseu Etnográfico
  
Os açorianos viviam, principalmente, da agricultura. Na verdade, tinham medo do mar. Por isso, a sala era virada para a rua. E os quartos, virados para o mar, onde eles jogavam lixo e os dejetos.




Acervo do Ecomuseu
O acervo reúne instrumentos usados pelos índios e pelos açorianos. Há um quarto típico de açorianos. Além de uma caixa de música em funcionamento, que toca oito músicas. Uma vitrola também chama a atenção.

Antigo Toca-discos do Ecomuseu Etnográfico de Ribeirão da Ilha
Antigo Toca-discos do Ecomuseu.

Na parte externa, há um engenho. Acostumados ao trigo, os açorianos tiveram de produzir a farinha a partir da mandioca. Por isto, a farinha de mandioca da Ilha de Santa Catarina é mais fina. Ela lembra a de trigo.

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design