sábado, 6 de dezembro de 2014

João Goulart, o Jango, Presidente do Brasil

João Belchior Marques Goulart nasceu em São Borja, em 1º de março de 1918. Faleceu em Mercedes, Argentina, em 06/12/1976. Jango foi presidente do Brasil, de 1961 a 1964. E vice-presidente, de 1956 a 1961.

João Goulart, o Jango, Presidente do Brasil
Jango, Presidente do Brasil.


Formação de João Goulart

A família de João Goulart era de ascendência açoriana. Vicente Goulart, seu pai, era estancieiro com grande influência na região. Jango estudou um período no Colégio Anchieta, em Porto Alegre, em 1932.

Também em 1932, Jango foi campeão estadual infanto-juvenil de futebol pelo Internacional. Retornou para Uruguaiana, onde concluiu os estudos. Em 1939, formou-se em Direito, na UFRGS. E nunca atuou no ramo.

Jango retornou a São Borja. Com a morte de seu pai, em 1943, tornou-se um dos estancieiros mais influentes da região. Acabou ingressando na política por influência de Protásio Vargas, irmão de Getúlio Vargas.


De Deputado a Vice-Presidente

Em 1947, elegeu-se deputado estadual pelo PTB. Em 1950, deputado federal. E em 1951, foi Secretário de Estado de Interior e Justiça, na gestão de Ernesto Dorneles. Em 1953, tornou-se Ministro do Trabalho de Getúlio.

Jango foi eleito vice-presidente de Juscelino Kubitschek, em 1955. E vice de Jânio Quadros, em 1960. Com a renúncia de Jânio Quadros, em 1961, houve um movimento para impedir que Jango assumisse a presidência.


Suspeita de Vínculo com o Comunismo

As mudanças realizadas por Jango enquanto Ministro do Trabalho de Getúlio Vargas levantaram a suspeita de seu vínculo com o comunismo. E isso fez com que alguns se opusessem à sua posse como presidente.

A solução encontrada foi o parlamentarismo. Nele, o primeiro-ministro seria o chefe de governo. Não deu certo. O presidencialismo foi retomado em 1963. E o governo propõe o Plano Trienal, para “reformas de base”.

Marcha da Família com Deus pela Liberdade
Marcha da Família com Deus pela Liberdade

Em 13/03/64, ocorre o Comício da Central. Carlos Lacerda taxa o discurso de Jango de subversivo. Em 19/03/64, é organizada, em São Paulo, a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, contra o governo de Jango.


A Origem do Golpe Militar

Em 20/03/64, o general Humberto Castelo Branco envia uma circular aos oficiais do Exército. E adverte contra os riscos do comunismo. Em 30/03/64, Jango denuncia uma poderosa campanha contra o governo.

O general Olímpio Mourão Filho iniciou, em 31/03/1964, a movimentação de tropas de Juiz de Fora, em direção ao Rio de Janeiro. Foi o primeiro ato dos militares que culminaria no golpe de estado que depôs Jango.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design