segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Modinhas de Juca Chaves nos Anos 70, 80 e 90: “A Cúmplice”, “Yara aos 39” e “Sentir-se Jovem”

Voo de Concorde” é uma valsa à francesa. Ela nos embala harmonicamente numa viagem supersônica Rio de Janeiro – Paris, com Juca Chaves e Yara, sua musa. Na modinha "Voo de Concorde", destaca-se um excepcional solo do instrumentista Chiquinho do Acordeon.

"A Cúmplice", de 1974, é uma das principais modinhas compostas por Juca Chaves.
"A Cúmplice", de 1974, é uma das principais
modinhas compostas por Juca Chaves. 


A Cúmplice”, de 1974, é sem dúvida um dos clássicos da música brasileira. Tanto na música quanto na poesia. É o poeta Juca sonhado com Yara. A mulher diferente, amiga, amante, confidente. A mulher que viria a ser sua cúmplice. De tudo o que fizer a mais...


Nós, Os Gladiadores”, foi composta na Áustria, em 1984, por um Juca Chaves já quase cinquentão. Um Juca sinfonicamente adulto e de inspirada paixão, juvenil. A orquestração e a regência são do próprio menestrel. Assim como em seu presente surpresa de aniversário à sua amada, “Yara aos 39”.



Sentir-se Jovem” é, por fim, o menestrel Juquinha filosofando uma lição de amor e sabedoria. Despindo-se da vaidade da juventude. E enaltecendo as rugas da mulher amada. Desmistificando a desculpa da velhice. É um hino à beleza eterna para os que ainda acreditam no amor.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design