terça-feira, 28 de outubro de 2014

História de Itajaí: Os Guaranis, Os Açorianos e Os Tropeiros

As terras onde atualmente fica a cidade de Itajaí eram ocupadas pelos índios Xokleng e Guarani. Estes índios eram arredios. Não aceitavam o contato com o homem branco e sempre o atacavam. Na língua dos índios guaranis, a palavra Itajaí significa “rio que corre sobre as pedras.

Os índios Guarani ocupavam as terras onde atualmente fica o município de Itajaí
Os índios Guarani ocupavam as terras onde
atualmente fica o município de Itajaí (SC).

A povoação só começou com os açorianos, em meados do século XVIII. E intensificou-se, em 1820, com a instalação da colônia portuguesa. Em 1823, foi fundada a freguesia com a criação do curato do Santíssimo Sacramento e a construção da capela e do cemitério.

O distrito de Itajaí foi criado em 1833. A partir de 1850, começou a crescer, com a chegada dos alemães e italianos. O destino eram os vales. Acabaram fixando-se no litoral. Em 1860, Itajaí emancipou-se, desmembrando-se de Porto Belo e de São Francisco do Sul.


Índios Matavam os Tropeiros
Antes da chegada dos imigrantes, fazendeiros paulistas, criadores de gado, instalaram suas manadas na região de Lages. E para levar o gado ao litoral, os tropeiros precisavam cruzar pelas terras dos índios Xokleng. Muitos dos homens foram mortos, atacados pelos índios.

Isto levou os fazendeiros a procurar Dom Pedro II. Pediram providências que garantissem a condução segura do gado. E contrataram capitães-do-mato para exterminar os índios. Isso possibilitou a ocupação da área e a fundação de cidades. Entre elas Itajaí.

Na mesma época, na Alemanha, havia um estímulo à emigração. Porém, o imigrante também encontrou muita resistência por parte dos índios. Houve diversas baixas, inclusive de mulheres e crianças, o que fez com que muitos desses imigrantes fossem para outras regiões. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design