quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Aventura até o Rio Camaquã, em Minas do Camaquã

Na manhã do dia 09/09/12, deixei São Gabriel rumo a Caçapava do Sul. Não cheguei a entrar na cidade. Segui direto para Minas do Camaquã, a uns 70 km do centro. O primeiro local que conheci ao chegar ao local foi o Rio Camaquã.

Rio Camaquã: Bela Paisagem após Alguns
Km numa Estrada de Terra Bem Ordinária...

No caminho entre Caçapava do Sul e Minas do Camaquã, você passará pelas Guaritas. A ideia era visitar a mina a céu aberto, talvez o maior cartão postal da região. Como só abriria à tarde, precisava arrumar algo para fazer nas próximas 2h30...

Continuação de...
As Guaritas no Caminho de Minas do Camaquã



Estrada de Terra até o Rio Camaquã

Assim, decidi conhecer o Rio Camaquã. No Minas Mercado, um cara se prontificou a me guiar até a entrada do acesso. Ele de moto, na frente. E eu seguindo, no meu carro. O acesso ao Passo do Cação fica a 4 km do mercado...


Agora o bicho pega! São 10 km em estrada de chão em mal estado. Alguns pontos são precários mesmo para um trator! Há muita pedra solta e alguns desníveis na estrada. E cuidado: 2 km após o início da estrada, ela bifurca. Ali, você seguirá pela direita...


O Rio Camaquã, em Minas do Camaquã

Quanto ao Rio Camaquã, nada de tão especial... Creio que em alguns pontos seja possível tomar banho no verão... Parece um lugar legal para passar o dia com a família. Para acampar, não há qualquer estrutura. O lugar também é bem isolado. Seria um camping selvagem...

Árvores Junto ao Rio em Minas do Camaquã

Fiquei poucos minutos junto à margem do rio e retomei o meu calvário pela estrada de chão... Antes disso, tirei algumas fotos do local. Passei um pouco de trabalho para manobrar o carro. Isso que deixei parado a mais de 100 metros do Rio Camaquã...

O relato segue com...
Almoço no Centro de Minas do Camaquã

2 comentários:

Unknown disse...

sou duma e poca que não tinha carretilha de pesca,era na linha de varejó, com mixirico,que quando o peixe fisgava tocava o mixirico feito de latinha de mata pulga e uma porca, muito fui pescar comeu pai na lagoa sujá, perto da rus, traira e jumdia, e outros,peixes de ate 25,kilos,pois nesta e poca,não a via desmata mento e nem poluisão na naturesa.saudade da barragem e das pisinas subi merça.

Leonardo Brocker disse...

Pois é, Orvandil...

Sei que algumas pessoas ainda acampam nas margens do rio.
Principalmente, no finais de semana, no verão.
Só não sei se ainda encontram peixes tão grandes por ali...
Os tempos, realmente, são outros...

Abraço

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design