sexta-feira, 20 de julho de 2018

As Doenças que Vêm Voando

A Gripe A e o Zika são as principais doenças virais dos últimos dez anos. E ambas têm em comum a dispersão pelo transporte aéreo. Este artigo revê a história da aviação e correlaciona com a disseminação de doenças.

As Doenças que Vêm Voando - Ilustração de Jonathan Carlson
As Doenças que Vêm Voando
Ilustração de Jonathan Carlson

Henrique Helms é especialista em Regulação da ANAC, Doutor em História e ex-piloto da VARIG e da TAM. Ministrou a palestra A Aviação como Vetor de Disseminação de Enfermidades: As Doenças que Vem Voando.


Histórico
# Em 1931, os EUA identificaram a presença de mosquitos em aviões vindos do Caribe;

# Em 1943, o Brasil buscou controlar os mosquitos pela dedetização de aeronaves. Na época, havia o voo de Natal para Dacar;

# Em 1957, ocorreu o surto da Gripe Asiática, a qual ficou conhecida como Singapura. E estabeleceu-se a quarentena para as pessoas que chegassem de avião ou navio. Uma tentativa de blindar a infecção. Morreram mais de 1 milhão de pessoas. Isso ocorreu um ano antes da explosão da aviação;

# Esta iniciou em 1958, quando surgiu a PanAm. A partir de então, as linhas aéreas passaram a comunicar o mundo inteiro. Isso facilitou o transporte e, também, a transmissão de doenças;

# Em 1968, iniciou o surto da Gripe de Hong Kong.


Anos 2000
# Em 2002, um médico atendeu um paciente com SARS em hotel, na China. Transmitiu a doença a cerca de 30 pessoas no próprio hotel. No avião, um passageiro transmitiu-a para outros 20 passageiros. E estes infectaram cerca de 300 pessoas;

# No final de fevereiro de 2009, surgiram os primeiros casos de Gripe A, no México. Em abril, registrou-se o primeiro paciente nos EUA. Em maio, no Brasil. Em junho, a Gripe A era uma pandemia;

# O Zika vírus surgiu no Pacífico e disseminou-se no Brasil, em 2015, na Copa das Confederações. Os principais focos são em regiões próximas à Linha do Equador. Dessa forma, no nordeste brasileiro as infecções ocorrem o ano todo. No resto do país, vemos o mosquito quase só no verão.

A maioria das pessoas chega a Hong Kong por voos internacionais. Assim, o país serve no estudo da disseminação de infecções. Identificou-se que o papel do avião prepondera até o dia 150 após o início da transmissão. Daí em diante, a transmissão por terra é mais relevante.


A Aviação Hoje
O transporte aéreo perdeu a relação que tinha com o trabalho. Em 2016, 69% das viagens eram pessoais. A maioria com fins de turismo. E só 31% dos passageiros voavam a negócio.

Em 2017, registraram-se mais de 4 bilhões de passageiros. Isso significa mais da metade da população mundial. É claro: alguns passageiros fazem dezenas de viagens por ano. Mesmo assim, o número impressiona.

Outro número que impressiona é a capacidade do Airbus A380, avião top de linha no momento. Esta aeronave é capaz de transportar de 550 a 800 passageiros, dependendo da configuração da mesma.


Síndrome Aerotóxica
Por fim, é importante ressaltar que as doenças relacionadas à aviação não se limitam às infecção virais. A Síndrome Aerotóxica é uma realidade. Um sinal é o cheiro de óleo na cabine.

A Inglaterra foi o primeiro país a alertar sobre a Aerotoxic Syndrome. Em especial nas aeronaves Boeing 757 e Airbus A320. A Alemanha, também, mostra muita preocupação e controle com a síndrome.

terça-feira, 27 de março de 2018

Museu The Beatles

O museu é o primeiro no Brasil que se dedica a contar a história dos Beatles. É ainda o segundo da América Latina. Além do museu de Canela, só há outro na Argentina.

Museu The Beatles - Canela (RS)
Museu The Beatles, Canela

Trata-se de um museu de fã. Com curiosidades e itens incomuns. Mesmo a visitantes mais fanáticos pelo quarteto de Liverpool. A disposição do acervo está em ordem cronológica.

Assim, logo na entrada do museu, você verá retratos de George, John, Paul e Ringo ainda crianças. No mesmo ambiente, a foto dos jovens John e Paul tocando juntos.

Segue-se, então, a discografia do grupo. Com dados curiosos sobre discos, filmes, shows. E, também, sobre músicas. Como é o caso de "Yesterday".

Dentre os shows, destaque ao do Shea Stadium, do time de beisebol New York Mets, nos EUA. Ele reuniu 55 mil pessoas. O maior público de um único grupo até então.

Destaca-se, também, foi o show do Nippon Budokan, santuário de mortos da guerra do Japão. Muitos consideraram uma ofensa um grupo de rock tocar no local.

O Museu The Beatles expõe réplicas das roupas que o quarteto usou nos dois shows. Há, ainda, réplicas das roupas do filme "Help!", o primeiro do grupo.

Na parte final, há placas com dados biográficos dos integrantes. Notei a falta do texto sobre John. A recepcionista comentou que há um vídeo específico sobre ele.

São cinco ou seis vídeos ao todo. A maior parte, sobre os discos. Um deles sobre a antologia dos Beatles. E outro sobre a morte de John Lennon.

terça-feira, 20 de março de 2018

Porto Alegre após Abolição da Escravatura

A abolição da escravatura ocorreu simultaneamente à queda do Império. Na época, o escravo tinha o valor equivalente ao de 150 cabeças de gado. E os custos envolvidos na manutenção de escravos tornavam-na cara.

Abolição da Escravatura no Brasil
Abolição da Escravatura no Brasil

A Proclamação da República foi o resultado de um golpe miltar, em 1889. Dom Pedro II preparou a Princesa Isabel por muito tempo. Se, na época, ocorresse uma eleição, a Princesa muito provavelmente sairia vencedora.

Em Porto Alegre, as colônias africanas concentravam-se nos atuais bairros Rio Branco, Bonfim e Cidade Baixa.


Destaques em Porto Alegre
Aurélio Veríssimo de Bittencourt foi padrinho de africanos. Foi braço direito de Júlio de Castilhos. E depois, chefe de gabinete de Borges de Medeiros. Nasceu em Jaguarão. E era filho de mãe pardo. E neto de africanana.

O filho de Aurélio Veríssimo de Bittencourt fundou O Exemplo, em Porto Alegre. Este foi o primeiro jornal negro do RS. Em 1916, O Exemploregistrou uma publicação a pedido por ocasião da morte de Alcides de Freitas Cruz.

Freitas Cruz (1867-1916) foi deputado estadual por cinco mandatos (1897-1916). Fundou a Faculdade de Direito de Porto Alegre, onde lecionou. Ao menos em duas ocasiões, 1903 e 1913, defendeu-se de injúrias raciais.

Os avós de Alcides de Freitas Cruz nasceram em Colônia de Sacramento.

Adaptado de aula do professor Paulo Roberto Staudt Moreira
Imagem adaptada de Minas Gerais

terça-feira, 13 de março de 2018

Documentação sobre os Escravos

Em 1871, promulgou-se a Lei da Ventre Livre. A partir de então, o registro do número de matrículas de negros tornou-se detalhado. E boa parte das informações perdeu-se, anos depois, por medida de político Rui Barbosa.

Pilha de Documentos sobre Os Escravos
Documentos sobre Os Escravos

Rui Barbosa era advogado, abolicionista. E tinha uma plantação de camélias, a flor símbolo dos negros, em frente de casa. O político ordenou, no entanto, a queima de documentos do Tesouro Nacional sobre a escravidão.


Inventários e Juntas
O inventário pós-mortem (testamento) era um documento que arrolava os bens. Com ele pode-se reconstruir a história das pessoas. No inventário pós-mortem, registrava-se o número de matrícula dos escravos.

Outra fonte de dados são as juntas de emancipação. Os municípios recebiam verba para comprar escravos e conceder alforria. Em 1871, o documento passou a registrar, também, o número de matrícula dos escravos.


A Questão do Racismo
O maranhense Nina Rodrigues formou-se em Medicina, em Salvador. E era um racista mestiço. Alegou que se o negro era inferior deveria ter um código penal diferente. Pois não teria a mesma capacidade de discernimento do branco.

No caso do futebol, o racismo pós-abolição ocorria de forma implícita. Os documentos de clubes não vetavam explicitamente jogadores negros. Mas para jogar no Grêmio de Porto Alegre, era preciso "ser honesto, probo e de caráter".

Adaptado de aula do professor Paulo Roberto Staudt Moreira
Imagem adaptada de Openclipart

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design